O Heroísmo de uma Vitória: Ilha Terceira, Açores - Lançamento Banda Desenhada


O Heroísmo de uma Vitória: Ilha Terceira - Açores 
de José Ruy. 


Há 200 anos, Portugal acertava agulhas com os ideais da Liberdade e da Igualdade. Em 1820 ocorre a Revolução Liberal, originando um conjunto de confrontos entre os adeptos da liberdade e os do absolutismo. A ilha Terceira desempenha, uma vez mais, um lugar de relevo na história de Portugal e Angra e Praia revelam-se centrais numa parte desse percurso de Portugal em direção à liberdade. Da centralidade da Terceira e das peripécias e personagens que se destacaram nessa primeira metade do século XIX dá conta esta obra da autoria de mestre José Ruy, que a narra com a mestria de traço e forma que há muito se lhe reconhecem. 

Obra que nasceu no seio do Instituto Açoriano de Cultura e a que muito nos orgulhamos de estar associados. A presente obra vem trazer ao público amante da banda desenhada, em que se inclui boa parte dos mais jovens, mas não só, a memória de um período em que a cidade de Angra foi determinante na construção da modernidade. As ideias saídas da Revolução Francesa que abalaram a Europa nas décadas anteriores entraram nos Açores através de um grupo de denodados liberais, uma verdadeira elite no sentido mais nobre do termo, que encontrou em Angra o bastião, primeiro da resistência como «rochedo da salvação», mas depois a base segura a partir da qual o ideário liberal de liberdade, igualdade e fraternidade se expandiu pelas ilhas e depois pelo resto do país. 

Lembrar esses tempos é trazer à ribalta uma das páginas mais gloriosas da nossa história, que mereceu à nossa cidade o epíteto «do Heroísmo», que hoje orgulhosamente ostenta. A 11 de agosto de 1829 deu-se a "Batalha da Praia". Liberais, com quartel-general na ilha Terceira, evitam uma invasão absolutista, na baía da Praia, marcando uma viragem na história de Portugal, dando-se os primeiros passos na conquista da liberdade e de mais ampla democracia. A vitória liberal na baía da Praia serviu, entre outras, para que a então Vila da Praia se passasse a designar de Praia da Vitória. 

Ora, a edição deste livro, em banda desenhada, contando a história das estórias da ilha Terceira, é, pois, um importante e criativo elemento para fazer chegar aos nossos filhos, netos e gerações vindouras os factos mais relevantes da nossa história. 


Edição: Âncora Editora, janeiro de 2021 ‧ isbn: 9789727807451 ‧ Idioma: português 

PARTILHAR:

PARTILHAR:
 

MAIS MENSAGENS